Speaking Partners: Onde Vivem, O que Fazem e Como Encontrar o Seu

Você já teve aquela sensação gostosa de aprender inglês entre amigos? Eu também. Que tal usar o inglês que você já sabe para interagir com falantes nativos do idioma?


Imagine como seria conversar com um estrangeiro toda semana, num horário que vocês dois tenham disponibilidade. O conceito de Speaking Partners - ou Parceiros de Conversação - é sobre isso. E pode ser a cereja do bolo no seu aprendizado da Língua Inglesa. Na verdade, de qualquer idioma.


Nesse artigo, você vai ver como o acompanhamento de um estrangeiro me ajudou a aprender inglês - e como você pode se organizar para ter uma experiência semelhante.



Como Tudo Começou


Quando eu tinha 22 anos, eu precisava aprender inglês bem rapidinho - por questão de trabalho. Mas eu estava no Brasil (no Recife) e não tinha tempo nem grana pra fazer um curso.


Fui me virando como pude, e no Dia de Ação de Graças de 1991 (última quinta de novembro) passei por uma prova de fogo: ficar mais de 3 horas ouvindo 31 pessoas falando inglês num almoço especial, sem entender quase nada.


Ao sair dali, eu estava arrasado. Me sentia um estrangeiro em meu próprio país. Foi aí que meu companheiro de trabalho (que era da Califórnia) percebeu minha frustração e se ofereceu para ler um livro em voz alta em inglês. Eu topei de primeira.


E foi exatamente o que fizemos nos próximos 90 dias, sempre às 5.30h da manhã. No final desse período, ele foi transferido e eu já conseguia me comunicar em inglês.


O tempo passou, e eu fiz da aprendizagem e ensino de línguas minha carreira - e minha bandeira. Em 2015, participei do Curso Pathway, da Universidade Brigham Young. Dessa vez, o conceito de Speaking Partners foi me apresentado de forma mais estruturada.


O curso Pathway dura 42 semanas e é dividido em 3 períodos: Life Skills, Mathematics, Writing Skills. A cada período, você se reúne online semanalmente com um parceiro estrangeiro, para praticar a conversação. Olha só o resultado:



Fiz amizade com um rapaz do Canadá, e minha esposa, com uma mulher de Washington D.C. Essa experiência enriquece ao menos duas vidas, porque há uma troca de ideias muito saudável e até divertida. Como as culturas são diferentes, você fica bem animado pra saber mais sobre a pessoa.


O Que é Bom, Ainda Pode Melhorar?


Desde 2006, quando criei o site www.learn-portuguese-now.com, venho pensando em formas de aproximar pessoas que queiram aprender o idioma uma da outra. Nessa caso, inglês e português. Fiz uma tentativa por email, que praticamente morreu no ninho. Eu era o pombo-correio, apresentando as pessoas. Claro que ia dar errado!


Depois, tentei de novo pelo Skype. Surgiram 650 estrangeiros e 450 brasileiros interessados. Peguei os 1100 endereços e coloquei tudo numa página só. Acontece que as pessoas copiavam o endereço, entravam no Skype e a outra pessoa estava 99% do tempo offline.


Deu errado de novo.


Em 2018, por aí, achei um site com base no mesmo princípio: www.free4talk.com - e minha reação foi simples: chorei de alegria. "Alguém conseguiu", pensei. Entrei no site, fiz algumas amizades, e logo percebi o que estava faltando: segurança, porque o ambiente é muito aberto e as pessoas podem faltar com o bom senso nas conversas. E também, um roteiro para as pessoas seguirem. Como puxar assunto numa sala virtual, com pessoas que você não tem a mínima ideia de quem sejam?


Desde 2012, mantemos um Curso de Inglês presencial em Angra dos Reis-RJ. Com a pandemia, ficamos em casa por cinco meses. E nesse período criamos um curso grátis de inglês com aulas ao vivo pelo Zoom. Formamos quatro turmas de brasileiros e uma de estrangeiros. Fornecemos o material para as pessoas interagirem em inglês e português.


Finalmente, a fórmula deu certo. Tivemos inclusive formaturas online, com discurso e tudo.


Nosso curso de inglês em Angra dos Reis - RJ, que está completando 10 anos.


Em 2022, estamos reiniciando o Programa Language Exchange, agora com uma nova roupagem. Caso você queira participar conosco, clique no botão abaixo. Você pode ter até cinco encontros semanais com estrangeiros e o acompanhamento de um professor. Esse é um programa pago.



Existe também uma opção gratuita - que dá um pouco mais de trabalho. Você pode entrar no www.free4talk.com e conversar com diversas pessoas, até encontrar uma para fazer amizade.



Então, você combina com ela um horário diário ou semanal, e usa os artigos do nosso site como Roteiros de Conversação.


Dos dois jeitos, funciona. O negócio é arregaçar as mangas e sair da zona de conforto.


Até a próximo artigo. Se cuida.






9 visualizações0 comentário